Compartilhar.

O Carduelis magellanica ictérica, popularmente conhecido como Pintassilgo da Cabeça Preta, é um pássaro que tem origem na América do Sul e possui características muito peculiares, como seu belo canto e capuz preto. Conheça um pouco mais sobre este pássaro a seguir.

Características

O Pintassilgo é mais comum na América do Sul. Encontrado principalmente nos Andes desde o sul da Colômbia até o Chile, no leste do Brasil e da Bolívia até a região central da Argentina, e ao norte do Brasil.

Geralmente é comum em habitats abertos com algumas árvores, incluindo áreas agrícolas, parques e jardins. Esta espécie movimenta-se em pequenos grupos ruidosos, voando e alimentando-se de sementes tanto na vegetação como no solo.

Populações isoladas foram identificadas no sudeste da Venezuela, Guiana e no estado brasileiro de Roraima.

Estas aves são na sua maioria residentes (não migratórias) com apenas movimentos locais curtos em resposta à disponibilidade de alimentos.

Este pequeno pássaro amarelo-e-preto pode ser distinguido com cuidado de outros. O pintassilgo também pode ser chamado de Pintasilva ou Pintassilgo-mineiro.

Podem chegar a medir cerca de 11 a 14 centímetros

Pintassilgos masculinos têm um capuz inteiramente preto que se estende até o tórax e costas, com partes inferiores amarelas brilhantes. As fêmeas são amarelo-oliva, com manchas nas asas. Apenas os machos possuem o capuz negro, com bicos cinzas e penas brilhantes.

Os adultos podem chegar a medir cerca de 11 a 14 centímetros de comprimento. Podem viver até 14 anos de vida. É bastante resistente a doenças, não exigindo maiores cuidados além de comida fresca e água limpa.

O pintassilgo frequenta planícies de baixa altitude como montanhas, savanas com algumas árvores e moitas, arbustos, bosques e plantações, florestas de pântano, áreas densas, áreas cultivadas, parques e grandes jardins perto de cidades e vilas.

Na natureza, eles se reproduzem em árvores ou arbustos grossos. Eles geralmente mantêm uma distância de 10 a 15 metros entre os ninhos.

Durante a reprodução, eles consomem grandes quantidade de insetos e também se alimentam de sementes verdes com alto valor nutricional até que os filhotes desovam (deixam o ninho).

Os ovos são incubados por cerca de 13 dias e na maioria dos casos começa depois que o terceiro ovo é colocado.

Espécies de Pintassilgo

O pintassilgo se divide em 12 espécies, as quais são:

  • Magellanica Alleni encontrado principalmente no Brasil (região Nordeste), Bolívia, Paraguai e Argentina; no Brasil é conhecido como pintassilgo-baiano, pintasilva ou Baianinho.
  • Magellanica Icterica encontrado no Brasil (região Central, Sudeste e Sul) e, no Paraguai.
  • Magellanica Iongirostris encontrado no Brasil, Venezuela e Guiana.
  • Magellanica Santaecrucis encontrado na Bolívia.
  • Magellanica Capitalis encontrado na Colômbia, Equador e Peru.
  • Magellanica Paula encontrado no Equador e Peru.
  • Magellanica Boliviana encontrado na Bolívia.
  • Magellanica Magellanica encontrado no Uruguai e Argentina.
  • Magellanica Peruana encontrado no Peru.
  • Magellanica Tucumana encontrado na Argentina.
  • Magellanica Urubambensis encontrado no Peru e Chile.
  • Magellanica hoyi encontrado no noroeste da Argentina.

Alimentação do Pintassilgo

O pintassilgo alimenta-se de árvores e arbustos, mas também de sementes. Sua dieta inclui principalmente insetos, mas também consome brotos e folhas de várias espécies de plantas.

O pintassilgo alimenta-se sozinho, em pares ou em pequenos grupos. Fora da época de reprodução, eles se reúnem em grandes bandos mistos, geralmente com outras aves do gênero Carduelis.

Alguns comportamentos agressivos podem ser observados durante a alimentação, mas as disputas geralmente duram pouco e são usadas para defender seu espaço individual. 

A alimentação em bandos também é uma boa maneira de se protegerem contra predadores.

O Pintassilgo consome brotos e folhas de várias espécies de plantas

Em cativeiro, um pintassilgo pode ser alimentado com os mais variados tipos de sementes, como alpiste, linhaça, aveia, painço e chia.

Frutas também podem ser dadas a este animal, tais como maçã sem semente e goiabas. A alimentação a base de verduras deve consistir principalmente em pepino, jiló, pimentão, couve, agrião e muitos outros.

Se você tem noção de como alimentar um canário-belga, então será mais fácil alimentar seu pintassilgo, visto que a alimentação de ambos os pássaros é basicamente a mesma.

Portanto, você pode dar a ração específica do canário-belga para o seu pintassilgo.

Insetos devem ser dados principalmente em época de reprodução. Após o nascimento dos filhotes, ofereça pão úmido com gema de ovo e farinha de roca. Estes pássaros geralmente começam a se reproduzir no final da primavera ou início do verão.

Durante este período, o criador deve oferecer sementes mais gordurosas e uma mistura de sementes silvestres, bem como pequenos insetos, como mini-larvas e grilos, se disponíveis. Além disso, folhas verdes frescas, vegetais e painço devem fazer parte de sua alimentação diária.

Cuidar de um pintassilgo em gaiola pode ser bem fácil, visto que este pássaro não requer cuidados especiais com relação ao que come, já que aceita boa parte dos alimentos dados a eles.

É importante, no entanto, manter a dieta do pintassilgo sempre saudável a fim de evitar doenças. A maioria das doenças que os pintassilgos desenvolvem são devido á má alimentação e a sujeira.

Outro fator importante é manter sempre a gaiola limpa, porque isso evita que os pintassilgos possam ingerir as próprias fezes misturadas com comida.

Reprodução

Os pintassilgos, diferente das calopsitas, são pássaros muito sociáveis e não podem viver sozinhos. Um viveiro é ideal para manter um pequeno grupo de pintassilgos juntos a fim de promover uma melhor qualidade de vida para seu pássaro.

Quando não estão se reproduzindo, os pintassilgos formam bandos de 100 pássaros. Por outro lado, quando estão prestes a se reproduzir, tornam-se territoriais.

Durante a época de reprodução, o pintassilgo defende uma pequena área ao redor do ninho. Geralmente, eles gastam pouco tempo em defesa territorial.

Casal de Pintassilgo

As formações de pares são feitas por músicas. Ambos os parceiros ficam juntos com o macho acompanhando a fêmea em todos os lugares e ficando perto dela enquanto ela constrói o ninho.

O pintassilgo é nômade fora da época de reprodução, provavelmente por conta dos recursos alimentares.

O comportamento pré-reprodutivo é pouco conhecido.

Pássaros construindo o ninho foram observados entre outubro e janeiro, e os ovos são colocados em março e junho.

Os filhotes nascem por volta de fevereiro e julho. Esses relatórios podem indicar que essas aves se reproduzem durante todo o ano.

O ninho construído pela fêmea é colocado no alto das copas das árvores. O ninho é uma pequena aglomeração feita com materiais de plantas finas.

A fêmea coloca 2 a 3 ovos e incuba durante 12 a 13 dias. Normalmente, o macho é quem fornece comida, inclusive quando os filhotes nascem. O alimento é dado diretamente em suas bocas abertas.

Os filhotes desovam duas semanas após a eclosão e ainda dependem dos pais por alguns dias.

Após seus 9 meses de nascimento, o macho estará pronto para se reproduzir. As fêmeas, por outro lado, precisam ter pelo menos 1 ano de vida.

Se criar o seu pintassilgo em viveiros, transfira filhotes para uma gaiola, porque eles podem se machucar em espaços mais abertos. Separe o macho da fêmea após o acasalamento e deixe que ela crie os filhotes até que eles estejam prontos e se tornem independes.

São necessários 35 dias para que um filhote de pintassilgo se separe de sua mãe.

Gaiolas para pintassilgos

Uma gaiola para um pintassilgo deve ter, no mínimo, 60 centímetros de altura.

Escolha gaiolas com fundo removível a fim de evitar que estes pássaros peguem doenças por conta da sujeira.

Mantenha a limpeza das gaiolas em dia, sempre removendo os bebedouros, suporte de semente e brinquedos para fazer a limpeza.

Modelo de gaiola indicada para Pintassilgo

Você pode fornecer periodicamente materiais de árvores finas, como galhos e folhas, para que a fêmea construa o próprio ninho.

Evite pendurar a gaiola em locais muito quentes, com correntes de vento fortes e que tenha exposição à chuva. Por outro lado, evite a todo custo lugares pouco arejados e escuros.

Canto do Pintassilgo

Uma das principais características do pintassilgo é o seu canto. Eles podem cantar praticamente durante todo o dia.

Seu canto é longo, podendo chegar a 2 minutos sequentes. Há poucas variações de notas, mas, ainda assim, o canto do pintassilgo é consideravelmente alto, sendo muito apreciado por amantes de pássaros em geral.

Aprecie o lindo canto do Pintassilgo

Suas canções agradáveis ​​consistem em trinados longos e suaves, e às vezes consistem em imitações de outras aves. Eles cantam durante todo o ano e muitas vezes em grupos.

Por conta do seu canto, é comum que os criadores de pássaros cruzem os pintassilgos com um canário-belga, a fim de gerar uma espécie conhecida como Pintagol. Esta espécie também tem um canto bastante peculiar.

Conclusão

As aves em cativeiro podem viver entre 11 e 14 anos, desde que sejam bem cuidadas e não sejam vítimas de acidentes.

Os pássaros selvagens vivem apenas 2 a 3 anos, principalmente devido à predação por répteis (isto é, cobras), aves de rapina e pequenos mamíferos. Eles também sucumbem a condições ambientais adversas.

Então, se você deseja criar um pintassilgo, não há nada que o impeça desde que você siga todas as leis vigentes do país com relação à criação de pássaros. Para criar um pintassilgo em cativeiro, você precisará de autorização governamental e garantir que o pássaro seja criado em boas condições.

O que achou do conteúdo?

100%
100%
Excelente
  • Conteúdo
    10
  • Pontuação do Usuário (1 Votos)
    10

O que achou da postagem? Deixe seu comentário.

Compartilhar.

Sobre o autor

O 1º Portal para criadores e apaixonados por pássaros.

Comentários estão fechados.